Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2017 > 03 > Conselheiras são homenageadas durante reunião plenária

Notícias

Conselheiras são homenageadas durante reunião plenária

Presidente Temer lembra conquistas femininas na véspera do Dia Internacional da Mulher

publicado: 08/03/2017 18h00 última modificação: 28/09/2017 18h30
PR/CC

A 46 ª reunião plenária do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), ocorrida nesta terça-feira (7) no Palácio do Planalto, começou com uma homenagem da Presidência da República às conselheiras e a todas as mulheres do país.

"Por intermédio das nossas conselheiras aqui presentes, estendo minha homenagem a todas as brasileiras", disse o presidente Michel Temer logo após a exibição de um vídeo-depoimento com declarações das conselheiras sobre o universo feminino nas situações de trabalho e cotidianas.

Temer criou a primeira Delegacia da Mulher no Brasil quando foi secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo pela primeira vez, na década de 80. “Nos anos 90, voltei ao mesmo cargo e constatei que a nossa iniciativa havia germinado: o número de Delegacias da Mulher já se aproximava de cem”, comemorou.

Em 2009, como presidente da Câmara dos Deputados, Temer instituiu a Procuradoria Especial da Mulher – que tem o objetivo de zelar por participação mais efetiva das deputadas nas atividades da Câmara e receber denúncias de discriminação e violência contra a mulher.

"Também favoreci a incorporação, ao Colégio de Líderes da Câmara, da figura da coordenadora da bancada feminina. Aumentamos a influência da mulher na Câmara e no cenário político brasileiro", lembrou o presidente.

"Agora, como presidente da República, tive o prazer de elevar em quase 70% a participação feminina neste Conselho", disse. A atual formação do CDES conta com acadêmicas, executivas, ambientalistas, cientistas, artistas e dirigentes sindicais.

"Creio que a maneira eficaz de comemorar o Dia Internacional da Mulher é fazer com que as palavras, que são importantes, sejam acompanhadas de ações, ainda mais importantes. A igualdade de oportunidades entre a mulher e o homem será fruto do trabalho incansável e cotidiano de cada um de nós, em todas as esferas da vida. Muito já se fez, mas, sabemos todos, muito ainda resta por fazer", concluiu o presidente.

O CDES homenageia as grandes mulheres que participam diretamente das decisões do Brasil